“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”. Paulo Freire

sábado, 14 de maio de 2011

LUGAR DE CRIANÇA É NA ESCOLA

É comum, para nós educadores, nos depararmos com pais e mães a se questionarem acerca da importância das crianças frequentarem a escola desde a educação infantil. Por que tão cedo na escola? Ir pra escola só pra brincar? E se a professora não cuidar bem dela?
Os questionamentos são muitos e constantes, mas a Pedagogia explica com eficácia a relevância de a criança frequentar a escola, desde cedo para que possa vislumbrar um futuro educacional e social com maiores garantias de sucesso e realizações.
Entrar na escola desde cedo promoverá para a criança, algumas situações que ela precisará enfrentar: se separar dos pais momentaneamente, dividir os pertences, bem como o espaço, respeitar regras, etc. Estes, serão considerados pontos negativos para a crian,a no primeiro momento desta trajetória inicial, mas os ganhos serão mais significativos.
Um desses ganhos, sendo um dos mais valiosos, é que a na escola de educação infantil, será acompanhada e orientada por uma pessoa habilitada, que possui conhecimentos acerca das fases do desenvolvimento infantil e que poderá favorecer o sucesso das crianças no sentido de avançar no seu crescimento de forma segura e eficaz.
Na área social, um dos pontos positivos neste processo, está garantido, pois o contato com outro da mesma faixa etária oportunizará a socialização com índice maior de tolerância, e a criança se tornará alguém que compartilha, divide, respeita e ama o seu semelhante.
Já no aspecto intelectual, também se registram pontos importantes no desenvolvimento infantil, pois as propostas apresentadas com intencionalidade educativa pelo professor de educação infantil oferecerão conhecimentos pedagógicos que despertarão noções básicas e fundamentais para que esta criança se torne um bom aluno nos demais segmentos educacionais.
O convívio em grupo na escola, para a criança na primeira infância, é altamente positivo, pois além de estimular o social e o intelectual, reflete também no emocional. A criança entenderá de fato, o seu papel na comunidade da qual é componente, utilizando a emoção como fonte principal para agir com os colegas, vizinhos, familiares e outros. Desta forma, além de bom aluno, se tornará bom cidadão.
Sendo assim, é possível relatar que através de observações como alfabetizadora, é perceptível que a criança que vai a escola anteriormente a esta etapa da educação, apresenta facilidade em vivenciar esta e atingir os objetivos pré-estabelecidos. O mesmo, não ocorre com a criança que não foi a escola na educação infantil, a tendência é que esta, passe por momentos de timidez, introspecção, egocentrismo e dificuldade em se relacionar com outras crianças, o que por muitas vezes,pode desencadear problemas com a auto-estima..
Aos pais, é importante que antes da ida a escola pela criança, seja fonte de pesquisa cautelosa, onde possa escolher com tranqüilidade, atendendo aos anseios destes e estabelecendo o vínculo de confiança entre ambas instituições sociais, de forma a garantir o sucesso da aprendizagem da criança no ambiente escolar.
Aos professores, cabe receber estas crianças com responsabilidade, compromisso, planejamento com embasamento teórico e afetividade. Estes elementos garantem o elo entre as figuras principais deste cenário aqui descrito.
Neste sentido, decorrendo por todos os princípios que embasam a educação infantil de qualidade, entende-se que quanto mais cedo a criança for a escola, ela poderá ser presenteada com um futuro mais abrangente em todos os sentidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página

Marcadores

"Se quisermos modificar algum coisa, é pelas crianças que devemos começar." (Ayrton Senna)

Páginas